O movimento é respirar

Respirar de forma adequada melhora a oxigenação do sangue e relaxa a tensão na musculatura.

Respirar de forma adequada melhora a oxigenação do sangue e relaxa a tensão na musculatura.

A todo momento a respiração é relembrada nas aulas de Pilates. Como falar o método Pilates nunca é demais, aproveito o post para discorrer sobre a respiração como um dos princípios básicos do método e da saúde.

Mas, antes de começar, acho importante lembrar da conexão entre o criador do método, Joseph H. Pilates, da sua história de vida e de como ele inseriu a respiração como um elemento essencial para o Pilates.

Joseph H. Pilates, quando criança, tinha uma saúde frágil. Sofria de asma, bronquite, raquitismo e febre reumática. Para melhorar sua condição física resolveu praticar mergulho, esqui, ginástica e boxe. Aperfeiçoou-se em fisiologia, anatomia e medicina tradicional chinesa. Quando desenvolveu o método Pilates para recuperar os feridos na guerra, ele retirou de seus conhecimentos e vivência corporal que teve com outras modalidades e trouxe para o seu método o foco na respiração, por ter sentido e vivenciado os benefícios que trouxe para sua saúde.

A respiração é considerada como um dos princípios básicos durante os exercícios. No método Pilates é trabalhada de uma forma tridimensional expandindo a lateral e a parte posterior da caixa torácica, alcançando os lobos inferiores dos pulmões, melhorando, assim, a troca gasosa nesta região.

Respirar de forma adequada melhora a oxigenação do sangue, relaxa a tensão na musculatura, ajuda na mobilização da coluna, aumenta a capacidade de ar nos pulmões e nos ajuda na ativação dos músculos mais profundos do abdômen, para estabilizarmos melhor a pelve e a coluna lombar, além de nos ajudar na produção de força. A respiração correta durante os exercícios do Pilates é tão importante que torna a execução dos exercícios mais eficiente.

Do Pilates ao dia-a-dia, a respiração bem também ajuda relaxar em momentos de tensão. Seja em situações mais difíceis ou ocasiões corriqueiras, tente reservar alguns minutinhos na sua rotina para respirar. Inspire bem profundo pelo nariz, ao passo que tenta levar o ar para lateral dos pulmões e para as costas. Depois solte o ar pela boca com os lábios cerrados esvaziando o ar dos pulmões. E sinta as costelas afunilarem como uma sanfona. Repita o exercício, pelo menos, cinco vezes. Essa prática traz bons benefícios no seu bem estar. Respire!