Os 5 principais benefícios do Pilates

 

Elaborado pelo alemão Joseph H. Pilates, no começo do século XX, o método Pilates consiste em um repertório com mais de 500 exercícios que trabalham a consciência dos movimentos proporcionando um condicionamento físico e mental. Joseph definiu 6 ensinamentos que devem ser seguidos durante a prática do Pilates.

  • Respiração – ênfase na respiração contínua.
  • Centralização – consiste em trabalhar a partir do centro do corpo “powerhouse” ou “core” fortalecendo músculos estabilizadores profundos.
  • Controle – todo movimento é controlado do início ao fim.
  • Precisão – o foco não é no número de repetições, e sim na qualidade do exercício, exige concentração para que os músculos corretos sejam utilizados durante a execução.
  • Fluência – os movimentos devem ser fluentes, sutis sem usar impulso e sem se manter em uma posição estática.
  • Concentração – conexão mente-corpo.

Existem diversos benefícios que o Pilates pode trazer para sua vida, mas nesse post vamos destacar os 5 principais:

 

1 - Músculos tonificados e alongados:

Seguindo o ensinamento da centralização o Pilates busca fortalecer músculos profundos estabilizadores da coluna, a partir do foco nesse fortalecimento é possível desenvolver um condicionamento músculo esquelético através de um trabalho de força, flexibilidade e resistência. A variedade de exercícios desenvolvidos e a utilização de molas e de diferentes acessórios permite aumentar o desafio dos praticantes atendendo a diversos tipos de público. O foco do Pilates não é no ganho de massa muscular e sim na tonificação e definição dos músculos.

 

2 - Melhora da postura e alívio de tensões:

O Pilates busca a restauração das curvas naturais da coluna. Ao promover um melhor alinhamento delas o impacto de cargas durante o dia a dia é menor, e consequentemente os padrões de movimentos se tornam mais eficientes pelo corpo. Em relação ao alívio de tensões, estabilizar a cintura escapular é tão importante quanto a estabilização da região do abdômen, pois quando elas não estão organizadas existe uma tendência a sobrecarregar os músculos do pescoço e dos ombros. Por isso é essencial controlar o movimento e equilibrar a força dos músculos em volta da escápula, ajudando a tirar a tensão dos ombros e pescoço, duas regiões comumente sobrecarregadas durante o dia a dia.

 

3 - Ganho de consciência mente - corpo:

A prática de Pilates exige grande concentração por parte dos alunos durante a execução dos exercícios, pois eles devem ser executados com foco na estabilidade do centro, incluindo a estabilização das cinturas pélvica e escapular, o alinhamento, e a respiração. Com isso os praticantes realizam os exercícios de maneira inteligente aumentando sua consciência corporal e autoconfiança.

 

4 - Aprimoramento da coordenação e do equilíbrio:

No repertório de Pilates é possível desafiar a coordenação através de movimentos que acontecem simultaneamente ou através de uma sequência mais complexa. Já o equilíbrio pode ser desafiado através de uma progressão, desde a diminuição da base de suporte durante um exercício (como por exemplo ficar sobre o apoio de apenas uma perna) até a utilização de acessórios instáveis como bola, rolo, discos de rotação entre outros.

 

5 - Prevenção de lesões:

Conquistando os benefícios anteriormente citados, se diminui o risco de lesões, através de uma coluna mais saudável, alinhada, de um corpo em equilíbrio e em boa forma. É importante lembrar que o Pilates seja trabalhado individualmente, respeitando as necessidades de cada aluno, sempre de maneira efetiva e segura.