O controle do centro no Método Pilates

 
Professora Fernanda Marcondes

CORE, centro de força do corpo ou power house. Essas são algumas das denominações para os músculos responsáveis pela estabilização central do corpo. Estabilizar e fortalecer este conjunto muscular traz benefícios para as mais diversas linhas de exercícios físicos e para uma postura saudável no dia a dia e consequentemente ao longo dos anos. 

O centro de força é mais do que a região abdominal. O CORE é  composto pela musculatura que envolve o tronco e a região lombo-pélvica, incluindo os músculos do assoalho pélvico. Sua função é promover a estabilização dinâmica de todo o corpo durante a realização dos movimentos, além de manter um alinhamento adequado da coluna preservando as curvaturas fisiológicas. 

Um dos princípios do Método Pilates é trabalhar sempre a estabilização do centro de força e em um repertório integrado. Portanto, o treinamento dos músculos do power house deve ser associado aos exercícios de respiração para que possa se trabalhar o fortalecimento da musculatura mais profunda do abdômen.

O trabalho de ativação do CORE fica mais completo com exercícios específicos para os músculos locais e globais da região. Os músculos locais são responsáveis por gerar estabilização, antes que ocorra o movimento, e recrutados antes dos músculos mais superficiais. Já os globais são recrutados após os músculos locais já terem gerado a estabilização necessária de todas as estruturas articulares, para que o movimento ocorra com alta eficiência e sem a presença de dor. 

A integração dos exercícios e a combinação dos repertórios devem ser prescritos após uma avaliação individual, aplicada por profissionais de Pilates capacitados no Método Pilates. Trabalhar, ativar e fortalecer o CORE é uma premissa sugerida pelo método e deve ser desenvolvida sempre com cuidado e acompanhamento técnico e profissional para obter resultados saudáveis.